Blog Havaianas

snorkel en europa

Os melhores locais para praticar snorkel na Europa

O snorkel é um dos desportos aquáticos que está mais em voga. Talvez seja assim devido à sua simplicidade, já que para o praticar de forma ocasional só precisamos de um tubo e de uns óculos de mergulho

Se quisermos tornar a coisa um pouco mais interessante, teremos simplesmente de comprar umas barbatanas, e ter praticado um pouco de apneia, para nos podermos aproximar um pouco mais do que nos chamar a atenção debaixo de água.

Não é só uma prática desportiva que nos põe em contacto com a natureza. Por se praticar na maioria das vezes à superfície, respeita grandemente a vida marinha

Por isso, hoje queremos que conheças alguns dos melhores locais para praticar snorkel na Europa.

1- Parque Natural Cabo de Gata, Espanha

O primeiro dos nossos destinos de snorkel na Europa encontra-se no sul de Espanha. O Parque Natural Cabo de Gata, situado em Almería, é um destino de praias espetaculares e pequenas calas onde nos podemos refrescar quase em qualquer época do ano.

Claro, as suas águas cristalinas são perfeitas para a prática do snorkel. Em locais como a cala del Plomo, o arrecife de las Sirenas ou o farol de Cabo de Gata poderemos apreciar muita da fauna mediterrânea que povoa a zona. 

Os fundos rochosos são o habitat de espécies como o peixe rocaz, os sargos, o salmonete ou o choco.

Depois de terminada a prática do snorkel, podes pegar nas tuas sandálias ou chinelos e dar um passeio relaxante por estas praias de sonho.

2- Reserva natural das Berlengas, Portugal

Em Portugal também existe um dos melhores locais para praticar snorkel da Europa. Trata-se das Ilhas Berlengas, um arquipélago composto por pequenas ilhas que no seu fundo rochoso alojam centenas de espécies marinhas. 

As ilhas encontram-se frente à costa de Peniche, que por sua vez fica a apenas uma hora de carro de Lisboa.

Para isso também conta o facto de o local ter sido declarado reserva natural no ano de 1981. 

Uma zona espetacular para praticar snorkel é perto do Forte de São João Batista. Enquanto observamos a vida debaixo do mar, podemos levantar a cabeça e admirar a incrível fortaleza defensiva construída no século XVII.

No seu fundo encontraremos magníficas espécies de todo o tipo. Anémonas, peixes, polvos e estrelas do mar. 

Por isso, prepara o tubo e os óculos para fazer snorkel num dos melhores destinos de Portugal.

3- Ilha de Elba, Itália

Em Itália encontramos quilómetros e quilómetros de costa mediterrânea que alia praias e povoações incríveis. Mas para fazer um bom snorkel temos de ir até à Ilha de Elba. Encontra-se entre a ilha da Córsega e a costa de Livorno.

Ilhotes como d´Ortano ou parques naturais como o de Pianosa oferecem uma fauna marinha incrível. 

Corais coloridos, cavalos marinhos e muito mais. Se quiseres aventurar-te um pouco mais além, deves saber que em Elba existem escolas de mergulho que te podem levar a dois locais muito curiosos. Se gostas de snorkel, não podes perdê-los.

O primeiro deles é a avioneta Relitto Aereo, que se afundou na costa de Elba após uma amaragem. O outro é o cargueiro Relitto di Pomonte, que podes visitar por dentro com todo o equipamento necessário para isso.

Como já vimos anteriormente, em Itália encontram-se parte das melhores praias do mediterrâneo.

4- Parque Nacional de Port-Cros, França

O Parque Nacional de Port-Cros, situado frente à costa azul francesa, é o ponto de referência para fazer snorkel no país gaulês.

Port-Cros pertence às ilhas de Hyères e, por ser um parque nacional, possui uma grande quantidade de natureza em forma de vegetação e fauna terrestre.

Mas o que nos interessa hoje está debaixo do mar. E há um ponto fixo no mapa da ilha que é inigualável para a prática de snorkel: a praia de Palud.

No fundo desta, que mistura areia e rochas, vivem milhares de peixes em torno das algas que formam extensas florestas marinhas. Para isso contribui o facto de que a zona da praia não é povoada, e assim os humanos não interferem na vida marinha.

A rota de snorkel está claramente delimitada nesta zona, com um círculo desde a praia até ao ilhote du Rascas, voltando pela baía de Palud, que quase sempre se encontra calma visto estar protegida por formações rochosas.

5- Parque Nacional do Arquipélago de Cabrera, Espanha

O arquipélago de Cabrera é um dos locais naturais mais fascinantes do território espanhol. E é assim porque foi nomeado Parque Nacional no ano de 1991

Lá é possível realizar muitas atividades relacionadas com o mundo natural, como caminhadas ou mergulho. Se gostas de caminhar, podes levar um saco de praia ou qualquer necessaire para ter à mão todos os teus pertences, de forma cómoda.

Neste ponto das ilhas Baleares, para fazer snorkel não há um ponto fixo, podemos percorrer toda a ilha e encontrar pequenas calas e praias onde podemos mergulhar com os óculos e o tubo. 

Devemos relembrar que 85% do parque nacional é marinho, pelo que existem algumas zonas chamadas de reserva integral às quais não poderemos aceder.

Se embarcarmos numa das lanchas rápidas chegaremos a outros pontos do arquipélago como a ilha Conejera ou os pequenos ilhotes que rodeiam a ilha principal, Cabrera. 

Aí, fazer snorkel nos fundos rochosos é uma absoluta maravilha, pois a fauna marinha irá encher-nos de milhares de cores que só se podem ver neste local.

6- Lago Walchen, Alemanha

Nos Alpes alemães, quase na fronteira com a Áustria, situa-se o lago Walchen. Com 75 quilómetros de comprimento, é um destino de verão para muitos dos habitantes da Baviera, pois lá podem praticar-se muitos desportos aquáticos como o paddle surf, o kayaking ou o kitesurf.

Outros deles é o snorkel, embora seja melhor relembrar que a formação do lago é glaciar, por isso as suas águas são muito frias. 

Para as combater, o melhor é alugarem um fato de neopreno juntamente com os óculos e o tubo.

O melhor ponto para visitar a fazer snorkel é o norte do lago, onde se formam paredes rochosas que mostram diferentes camadas de sedimentos que são dignas de admirar. 

Quanto à vida marinha do lago, poderemos encontrar algumas espécies como as trutas ou as percas, embora o realmente mais especial deste local seja a paisagem. Fazer snorkel rodeado de incríveis montanhas verdes que conjugam com o azul do lago não é algo que se possa fazer todos os dias.

Que a temperatura da água não te engane, no verão o sol chega com força, por isso é sempre recomendável levar um chapéu ou óculos de sol.

7- Ilha das Esponjas, Grécia

O arquipélago de Dodecaneso, na Grécia, tem alguns pontos que se mantêm intocados pelo turismo. É que, perante as massificadas Santorini, Creta ou Mykonos, preferimos ir fazer snorkel para a bonita Kalymnos.

Também conhecida como a ilha das esponjas, na sua costa poderemos ver este tipo de vida marinha ao longo de quilómetros. A apanha e processamento destes poríferos são típicos na ilha. 

Depois, são exportados para diferentes partes do planeta, porque as esponjas de Kalymnos têm fama mundial.

Entre as suas praias e montanhas também encontramos espaço para outras atividades. Caminhadas, visitas culturais a aldeias e, principalmente, escalada.

A prática desta modalidade desportiva tornou-se muito habitual nos últimos anos, pois as paredes de Kalymnos são consideradas ideais para isso.

8- Punta de Cinc Sous, Espanha

A nossa lista volta a Espanha para visitar a Costa Brava. Lá encontra-se um curioso ponto de snorkel.

Próximo da localidade de la Escala, na província de Girona, encontra-se a ponta de Cinc Sous. Neste local, tal como os quilómetros de costa que há em toda esta zona, há diferentes espécies mediterrâneas de peixes, corais e algas.

Mas, então, o que distingue Cinc Sous? A principal atração deste local é o facto de, debaixo das suas águas, a apenas 8 metros de profundidade, haver um barco afundado. Trata-se do pecio Cotentin, que se afundou nestas águas no ano 1963. 

Embora tenha sido dinamitado, atualmente podemos ver algumas das suas peças, pelo que se transforma num dos melhores sítios para praticar snorkel na Europa.

9- Parque Nacional Brijuni, Croácia

Finalizamos a nossa lista na Croácia. Este país dos Balcãs, que tem algumas das melhores praias do mar Adriático, também se presta muito bem para a prática de snorkel.

Neste caso visitamos o Parque Nacional Brijuni, situado frente à cidade de Pula, na costa de Ístria. Aí o ambiente natural é impossível de melhorar, fruto dos anos em que o local foi parque nacional.

O seu fundo marinho é excessivamente rico, pois os peixes e moluscos vivem entre algas que, graças à proteção, conseguiram criar grandes florestas marinhas.

Mas se há um ponto de snorkel muito visitado na ilha, esse são as ruínas de uma vila romana que se encontram debaixo de água. 

O ponto exato é a baía de Verige, onde com barbatanas, tubo e óculos poderemos admirar séculos de história enquanto nos refrescamos em águas mediterrâneas. 

Também é um ambiente ideal para desfrutar de um passeio e do bom tempo, pelo que umas alpercatas confortáveis vão assentar-te que nem uma luva.

Sem dúvida, a experiência perfeita para terminar esta rota pelos melhores sítios para fazer snorkel na Europa.

Comentarios

O seu endereço de email não será publicado.

Havaianas Top

17,99 €

Havaianas Brasil Logo

25,99 €

Havaianas Slim

26,99 €

Havaianas Flash Urban

21,99 €